Arquivo | novembro, 2012

Casas na Dinamarca

30 nov

Casas na DinamarcaHoje volto ao blog com fotos. Ou melhor, colagem. Mas dessa vez não é  Alemanha que vai ser retratada e sim o país que faz fronteira ao norte: A Dinamarca

Adorei voltar a Dinamarca e ver as casinhas que tanto me encantaram quando estive lá pela primeira vez, por causa do meu casamento.Esse estilo é conhecido do inglês Cottage. A origem desse tipo e arquitetura é humilde. Essas casas eram construídas com argila e o telhado feito de palha que era trocado com frequencia e habitadas por pescadores e agricultores. Geralmente essas casas eram divididas em cozinha, sala e um quarto de dormir. Por ser simples essas casas não ficavam aquecidas o suficiente, já que só havia uma lareira para aquecer toda a casa. Por isso era comum as familias colocarem o gado dentro de casa para ajudar no aquecimento. Algumas familias construíam as casas em regiões com musgos já que neles era possível encontrar uma substancia chamada Turfa, que facilitava o aquecimento. A origem desse tipo de casas é inglesa/irlandesa (tinha que ser, para eu amar só mesmo tendo estilo inglês, já que sou fascinada pela inglaterra e arredores).

Hoje esse estilo passou a ser cult e muita gente até com mais renda vive nesse estilo por puro gosto. Claro que as casas construídas atualmente seguem os padrões atuais de aquecimento. Com o passar do tempo o telhado de palha foi substituído por madeira, ferro, ardósia, betume e até ferro. Mas são as casinhas de telhado de palha que dão um encanto especial a paisagem, principalmente quando elas ficam verdes por causa dos musgos. Em qual das casas acima você gostaria de morar?

PS: Detalhe para a placa com o nome da rua, adorei a sensacao de estar em outro país com uma língua tão esquisita como a alemã 🙂

PS2: Eu amo falar alemão e adoraria aprender outras línguas esquisitas como dinamarquês, finlandês, sueco, russo…

Flensburg – Última parte

24 nov

Bom, esse vídeo sobre Flensburg, cidade ao norte da Alemanha ficou maior que os outros porque é um pouco mais difícil de separá-lo e por que eu quero mostrar os videos da Dinamarca na próxima edicao 🙂

Bom, o video começa com o básico da Alemanha: Cerveja, nesse caso a cerveja de Flensburg. Não posso dizer para vocês se é boa, pois eu não suporto cerveja, e meu marido, a pessoa que experimentou também não é lá muito chegado, mas fica a dica para quem quiser provar a cerveja da sua região.

O resto do video é um passeio pelas margens do Mar Báltico e pelo porto de Flensburg, Museu portuário com antigas caravelas, barcos, iates, navios. Espero que vocês curtem e desculpa as escassas informações.

Flensburg, norte da Alemanha parte 2

11 nov

O clima da região norte da Alemanha é muito instável. Enquanto mais ao sul os alemães aproveitavam o fim do verão no início de setembro, no norte as pessoas ja tinham que conviver com a chegada e passagem de frentes frias. Ainda assim era possível ver turistas e moadores à veira da praia, caminhando e fazendo cooper. Por ser um local praiano é muito comum se ter barques e iates.

Ao longo da costa é possível encontrar placas alertando os donos dos cachorros a manterem a praia limpa.

Campos de Camping é uma opção buscada por muitas famílias. É incrível a quantidade de trailers que a gente vê peça estrada indo para essa região. Além de trailers eles também levam barracas para se ter um pouco mais de espaço.

Os bancos de praia se assemelham a uma cesta, por isso se chamam Strandkorb, ou cesta de praia.

Há aqueles que preferem optar pelo conforto e por isso a região além de locais de camping investe também na hotelaria.

Nem só de praia vive Flensburg. A Norderstrasse entrou na onda americana de se pendurar sapatos pelos fios da rua.

A Nikolaikirche começou a ser construída em 1390 e tomou lugar de uma outra construção datada de 1332. Ao que tudo indica ela ficou pronta em 1480.

Norte da Alemanha – Flensburg parte 1

10 nov

Flensburg é a cidade alemã que faz divisa com a Dinamarca. Ela fica no norte do estado Schleswig Holstein e é banhada pela mar Báltico. A origem da cidade não é conhecida, mas o documento mais antigo citando-a data do ano 1284.

Segundo uma lenda, o píncipe Knud Lavard deu ordem ao cavaleiro Leno para construir um castelo, um burg. O Fleno Burg é a provável origem do nome da cidade.

A região foi alvo de disputa ao longo dos anos. Por vezes parte do que hoje é Dinamarca ficava em atual território alemão e parte do que é alemanha ficava em território dinamarquês.

Em 1920 a Alemanha e a Dinamarca entraram e um acordo a respeito da divisão das cidades. Desde então Flensburg é a cidade fronteiriça entre os dois países.

Durante o período da Segunda Guerra Mundial a cidade sofreu pouquíssimos bombardeios, mantendo assim muito de sua arquitetura original pré Segunda Guerra. Hoje Flensburg é um dos destinos de alemães e estrangeiros, devido a sua localização à beira do mar.

Justamente por estar na fronteira, a cidade ganha um tom mais internacional. É muito comum ouvir dinamarquês pela rua e até encontrar supermercados da Dinamarca (com claro os salgados preços dinamarqueses).

Flensburg é ainda a cidade das multas. As infrações cometidas por motoristas de toda Alemanha são enviadas para a central em Flensburg e de lá saem as cartinhas para a casa dos motoristas infratores.

%d blogueiros gostam disto: