Arquivo | agosto, 2010

>Como é morar na Alemanha?

14 ago

>

Silvia Honda em Dresden

Eu entrevistei Silvia Honda que morou cerca de 2 anos na Alemanha e passou por esse processo de adaptação cultural.  Até dica para fazer comida brasileira na Alemanha você encontra nessa entrevista. Confira!

Quando você veio para Alemanha e por quanto tempo ficou aqui?  Em qual cidade?


De novembro de 2006 a outubro de 2008. Morei em Jena que fica em Thüringen.

Trabalho, família, você deixou tudo para trás para acompanhar seu marido. Precisa de coragem né?!

Sim deixei tudo pra acompanhar o meu marido. Na minha opinião um casal não deve viver separados. Meu marido é a minha família também.

Como foi seu aprendizado de alemão? É um bicho de sete cabeças, ou dá para dominar o idioma?

Alemão é complicado mesmo, mas depende muito do seu esforço e/ou interesse. No meu caso não me esforcei muito. Eu não tinha como objetivo viver na Alemanha pra sempre, ou mesmo usar o alemão na minha vida profissional.

O curso de alemão que você fez era obrigatório ou por qual outro motivo você o fez?

Para mim não era obrigatório. Mas fiz pra poder me comunicar, pois acho importante falar (ou ao menos tentar) a lingua do País que vivemos mesmo que temporariamente.

Como foi seu contato com os alemães?

No geral alemães são reservados. Na Alemanha não se consegue amigos apenas caminhando na rua ou se fala com os vizinhos como no Brasil. Digamos que na Alemanha temos qualidade e não quantidade. Quando te conhecem são amigos de verdade.

Você acha que não saber o idioma é uma barreira para um contato maior com os alemães?

Com certeza. O inglês ajuda muito, principalmente no contato com os mais jovens. Eu não vi muito esforço da parte deles em entender alguém que não fala bem o alemão e/ou inglês.

Dos alemães que você conheceu, na sua opinião, qual imagem que eles têm do Brasil?

Os alemães que eu conheci já viajaram mais pelo Brasil do que eu :).

Qual imagem você tinha do povo alemão, ou da Alemanha em si, antes de vir para Alemanha?

Nunca havia me interessado pela Alemanha antes. Fiz uma pesquisa de opiniões sobre a Alemanha quando meu marido foi convidado a fazer o Pós-doc.

Sua visão de Alemanha mudou depois do período que você passou aqui? Qual imagem vem a sua mente quando você pensa na Alemanha hoje?

Não mudou, pois como disse antes não tinha opiniao pré-formada.

Me lembro muito do silêncio que é nas ruas, mesmo quando muitas pessoas estão passando; da limpeza e da pontualidade dos transportes coletivos.

Teve algum momento que deu vontade de jogar tudo por alto e voltar correndo pro Brasil?

Várias vezes.

Oque te fez superar esse momento?

Os amigos.

Qual é a pior parte de morar na Alemanha para um brasileiro?

Falar alemão. Brincadeiras a parte, eu senti muita falta de calor humano.

Qual é a melhor parte?

A pontualidade, limpeza, organização, reciclagem do lixo…

Como foi voltar ao Brasil depois desse período? Sua visão sobre “o brasileiro” mudou? Como você vê o brasileiro hoje?

Como toda pessoa que já morou em outro pais, sinto saudades da coisas boas. Muita gente diz que a volta é um choque coisa e tal, mas eu não penso assim, pois eu sabia muito bem o que me esperava aqui no Brasil.

Depois de voltar ao Brasil você usou o alemão novamente?

Não.

Você sente saudade da Alemanha? Voltaria a Alemanha por algum motivo?

Sinto muita saudades, assim como sinto muitas saudades do Japão, pois já morei la tb.

Sim, voltaria a passeio ou a trabalho se houver uma oportunidade melhor do a que temos aqui, porque não?

Aconselharia alguém a estudar ou trabalhar na Alemanha, ou ainda simplesmente aprender alemão?

Sim, toda experiência é válida.

Das cidades da Alemanha que você visitou qual você visitaria novamente?

Dresden.

Teve alguma cidade alemã que você não conheceu mas gostaria de conhecer?

Sim, Colônia

É possível fazer comida brasileira na Alemanha?

Com certeza! Temos até uma comunidade no Orkut  “cozinhar na Alemanha”  que oferece muitas dicas como substituições de ingrediente, onde encontrar, como fazer, etc.

Que dicas você daria para um brasileiro que está vindo para Alemanha?

Eu sempre digo: Na Alemanha faça como os Alemaes (menos a maneira de tomar banho kkkkkkkkkkkk)

e leia o blog da Camilla, “ALEMANHA MUITO ALÉM DO MURO

Anúncios

>Enchente na Alemanha: Saxônia debaixo de água

12 ago

>O estado de Sachsen, Saxônia em português, está debaixo dágua. Já a alguns dias eu tenho ouvido falar sobre isso, inclusive em um fórum da revista Spiegel Online uma moça teve a insânia de comparar os estragos de Sachsen com do Paquistão. De repente o fórum mudou o foco e as pessoas mostraram sua revolta de comparar duas situações tão absurdamente diferentes.
Mas é verdade sim que a Saxônia está em um estado de calamidade. Parte da água que vem da chuva forte que atingiu a região e a outra parte vem das correntezas dos rios que começam na Polônia e continuam na Alemanha. Aliás, a situação ficou feia por lá também! Em Sachsen três pessoas morreram no porão que ficou cheio dágua. Pelo jeito a água chegou de repente. O pior é que tem mais chuva a vista e Berlin por exemplo corre o risco de ser atingida pela correnteza também…
Para ver fotos ou vídeos clique aqui

>Blog em Berlim

11 ago

>

Típico sinal da Berlin Oriental- O Operário
Sehr geehrte Leserin und Leser 🙂
Queridos leitores e leitoras,O blog está bem desatualizado porque além dos trabalhos que eu tenho escrever eu estou fazendo um estágio em uma empresa de Mkt online em Berlim. Como esse não é meu blog pessoal não vou entrar em detalhes aqui,
quem quiser saber mais sobre tudo isso pode olhar no blog Diário da Milla, só achei que é meu dever informar aos meus leitores sobre o por quê de tão de repente o blog fica jogado às moscas. Mas não pensem que eles está realmente abandonado! Tudo que eu vejo, tudo que eu acho curioso, interessante eu clico com minha câmera, para colher material para futuros posts. Enquanto isso eu deixo aqui para vocês um pouco de fotos de Berlin, a capital da Turquia, ops, da Alemanha ;D
Bradenburger Tor

Descupas pela desorganização das fotos, mas não consegui fazer melhor.

Bradenburger Tor e um Joselito
                                                                      Primeiro sinal da Potsdamer Platz
Taxi
Carrosbikes
Trabi… propaganda de blusas de Berlin
Potsdamer Platz
Bicicletas da DB para alugar.
Ainda na Potsdamer Platz
O muro passava aqui
No Memorial dos Judeus
%d blogueiros gostam disto: